História

  • image

    1987

    Em 15 de agosto de 1987, partia da Catedral de Brasília a procissão conduzindo a imagem de Nossa Senhora da Esperança até as quadras norte 106, 107, 108, 306, 307 e 308 da Capital Federal, que, até os dias de hoje, compreendem a área de abrangência de nossa Paróquia. Nesse trajeto os moradores puderam acompanhar os carros até a primeira igreja da Paróquia Nossa Senhora da Esperança para a celebração da Missa Solene, presidida por Dom José Freire Falcão, Arcebispo de Brasília.

  • image

    1987

    Nesta mesma data foi lido o decreto de criação e a provisão de nomeação do Padre Samuel Ferreira do Carmo, o primeiro pároco. Desta forma, dá-se o início dessa grande obra de Deus, em resposta às orações dos primeiros paroquianos que, até então, celebravam as missas no térreo dos blocos das quadras. Logo nasce o primeiro carisma na paróquia, a Renovação Carismática Católica, que atrai muitos fiéis, aponta um caminho de conversão e passa a exercer um importante trabalho de evangelização

  • image

    1992

    Após quase cinco anos de intensos trabalhos para implantação da Catequese, Liturgia, Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão Eucarística e Pastorais da Saúde e da Juventude, o Padre Samuel segue sua caminhada eclesial e entrega o cargo para Monsenhor Jesus Rocha, nomeado pároco em 2 de fevereiro de 1992. A paróquia cresce em número e santidade. São criadas a Pastoral do Dízimo, do Canto e da Equipe de Casais. As atividades paroquianas ganham novo incremento. Em dezembro de 1993, Monsenhor Jesus Rocha é nomeado bispo auxiliar de Brasília e, assim, a paróquia é agraciada com um novo pároco, o Padre João Cuccui, que é empossado no dia 26.

  • image

    1994

    O mês de agosto de 1994 marca o início da catequese para adultos do Caminho Neocatecumenal. Passados dois meses, formam-se as duas primeiras Comunidades Neocatecumenais da Paróquia. Fato pode ser considerado de grande importância, pois reuniu vários paroquianos no único propósito de iniciação da fé.

  • image

    1997

    Deus, em sua infinita sabedoria, sempre soube suscitar nas pessoas a necessidade da edificação da Igreja. No ano de 1997, dá-se o início da elaboração do projeto de construção da nova igreja. A comunidade paroquial empenhou-se muito para que isso fosse concretizado, realizando vários eventos e reuniões, até que em julho deste mesmo ano o Governo do Distrito Federal aprovou o projeto.

  • image

    1997

    A grande obra tem início em novembro de 1997. Inicialmente a previsão de término era na Páscoa do ano 2000, no entanto todos entregaram a Deus a condução dos trabalhos e isso pôde ser facilmente percebido ao longo dos anos. No Livro Tombo consta o seguinte apontamento feito pelo Pe. João em julho de 1998: “o milagre que vejo é que estamos ainda com o dinheiro com que começamos essa “aventura”. Sinal que Deus quer esta obra.”

  • image

    1999

    Após quase dois anos e meio de trabalho a resposta de Deus acontece. Em 11 de dezembro de 1999, ocorre a Missa Solene de dedicação da nova igreja, presidida por Dom José Freire Falcão e outros 25 padres, repleta de fiéis com alegria estampada no rosto. As relíquias de Santa Maria Goretti são depositadas no altar significando o sacrifício de Jesus Cristo. Depois de ungido, o templo material é entregue à comunidade paroquial, sinal da presença de Deus no meio do povo, para que o templo espiritual possa ser edificado em todos.

  • image

    2003

    Os anos passam e as bênçãos de Deus são derramadas sobre todos. Mais uma vez, Deus inspirou o início de uma nova obra, a construção do Centro Catequético. Depois de adquirido o terreno em Valparaíso-GO, a cerca de 40 Km do Plano Piloto, em dezembro de 2003 dá-se o início da construção. Muitos acreditavam ser uma loucura, mas o Senhor encorajou um grupo de paroquianos para que, junto do pároco, erguessem mais um templo.

  • image

    2006

    Após muito esforço, em dezembro de 2006, o espaço começa a ser utilizado para eventos católicos: encontros, retiros, convivências e confraternização dos fiéis. Hoje o Centro Catequético, ainda em aprimoramento, já dispõe de uma estrutura composta de um bloco de 24 apartamentos com capacidade total para 120 pessoas, uma capela, um salão, estacionamento, um amplo refeitório e cozinha industrial.

  • image

    2007

    O ano de 2007 marca os 20 anos da paróquia e uma grande festa foi preparada em agradecimento à Virgem Maria pelas graças alcançadas. Durante uma semana as missas foram celebradas nas quadras, com muita gente reunida, alegria e confraternização. Durante as missas, os moradores mais antigos puderam apresentar seus testemunhos, desde a criação da paróquia, passando pela construção da nova igreja e, também, da ação de Deus em suas vidas.

    Para encerrar a comemoração, foi celebrada uma missa no dia 19 de agosto, seguida de procissão e finalizada com quermesse e queima de fogos. Foi um momento de confraternização muito forte, onde todos puderam dar graças a Deus, e que certamente ficará vivo na memória de todos que puderam participar.

  • image

    2008

    O domingo de 11 de maio 2008 marca a saída do Pe. João Cuccui. Foram quase 15 anos de dedicação à Paróquia, um tempo que ficará marcado eternamente nos corações de todos aqueles que puderam estar com ele. Nas suas palavras de despedida agradeceu imensamente a todos pela comunhão fraterna, humildemente pediu perdão pelas faltas, manifestou que se sentiu muito amado e pediu muito para que sempre rezemos por ele.

    Antes da benção final, o Sr. Lucas Santos leu uma nota de agradecimento, da qual destaca-se: “Esta era a sua missão – cultivar em nós a sementinha da fé (...) o senhor cultivou-as, podou os galhos infrutíferos, transformando nossas vidas. Nesse tempo, o Sr tornou-se pai de muitos de nós, fez-se filho de alguns de nós – dos menos jovens – e irmão de todos.” Terminada a Missa, a fila para despedida era grande, além, é claro, do “rio de lágrimas”: tudo em sinal de amor e gratidão pelo bem que o Espírito Santo operou pela mediação do Pe. João.

  • image

    2008

    “ÂNIMO, CORAGEM, NÃO PERCA A ESPERANÇA NUNCA!”. Foram essas as palavras iniciais do Padre Ederivaldo, nomeado pároco em 22 de junho de 2008, na cerimônia de posse presidida por Dom João Braz de Aviz. Igreja lotada e grande a expectativa, a Paróquia mais uma vez recebe um sacerdote alegre e confiante.

    Até os dias de hoje o Pe. Ederivaldo tem desempenhado sua importante missão de Bom Pastor com palavras fortes, necessárias e, sobretudo, amigas e consoladoras.

    É fácil perceber que Deus está à frente desta Paróquia: assim como Cristo confiou a Pedro sua Igreja, muitos fiéis têm testemunhado com suas vidas a ação do Espírito Santo.

    Roguemos ao Pai que permita sempre que possamos colher bons frutos e que tudo contribua para a glória de seu Santo Nome.

  • image

    2013

    “TEMPO DE CELEBRAR, TEMPO DE GRAÇA”. Pe. Marcos Luis Erustes.

    Caros irmãos, cumprem-se 26 anos daquele momento histórico, no qual Deus providente, havendo ouvido o apelo dos primeiros moradores das quadras e através do seu servo Dom José Freire Falcão, então arcebispo de Brasília, teve por bem criar a nova paróquia Nossa Senhora da Esperança. De 1987 para cá, a misericórdia divina tem traçado os rumos dessa obra, e os frutos são belos e incontáveis.

    São 26 anos de vivência eclesial, mas Deus teve como providência pagar-nos a todos, trabalhadores da primeira hora e da última, com o mesmo salário, o Reino. Tantos padres e irmãos passaram por aqui antes de mim! Tanto suor e esforço foram derramados por aqueles que, desde o princípio, fizeram de tudo para que se cumprisse a vontade do Senhor! Hoje, olhando o passado e o presente, sinto-me imensamente recompensado em poder testemunhar a beleza da obra de Deus, pensada e sonhada por Ele.

    Reconheço as minhas limitações, mas tenho a plena certeza de que nunca faltou o auxílio do Pai. Quantas pessoas podem experimentar em suas vidas o bem que tem feito a comunidade da Esperança, quantos milagres e bênçãos temos em nosso meio, como efeito da missão dada pelo Senhor de preparar o caminho, preparar os homens e mulheres de Deus para a entrada no Reino dos Céus.

    Este é um tempo de celebrar, tempo de graça, em que devemos dar ao Senhor um grande louvor. Obrigado a você que ama a Paróquia Nossa Senhora da Esperança e que contribui diariamente para a construção dessa linda história. Que venham mais 26 anos e que o Senhor esteja sempre à frente da nossa caminhada!